sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Um novo coração.

Em determinados momentos de nossas vidas somos agraciados com situações e sensações tão maravilhosas que se tornam indescritíveis.
Eu nasci, cresci e me criei seguindo uma religiosidade comum de tantos, havia religião, mas não intimidade com Deus. Em minha caminhada tantas foram às vezes em que experimentei da bandeja de prata que o mundo oferece (sem saber que a comida era estragada). Em incontáveis momentos tive vontade de abraçar o mundo com as mãos sem querer entender o motivo da proteção e preocupação dos meus pais, quantas foram às vezes não me importei com o fato de que Jesus estava ao meu lado e pequei, O deixei de lado para buscar qualquer coisa sem o menor sentido e com grande eficácia em tornar corações vazios.
Mas eu ganhei um presente enviado por Ele, tive a oportunidade de ver de perto os milagres e as transformações operadas em outras vidas e eu quis ser o milagre, quis ser a diferença, eu decidi cultivar a semente em um terreno fértil. Agora eu não sei do meu amanhã, já entreguei em Suas Mãos e vou. Eu descobri o sentido da minha existência, descobri que com Deus vale muito mais a pena. Estou cheia de fé, de esperança, com a certeza do amanhã! Dizem que o homem tem no coração um vazio exatamente do tamanho de Deus, esse vazio eu não tenho mais. Amém.


Um comentário:

  1. QUE LIIIIIIIIIIIIIIIIIINDO!!!
    "Esse vazio eu não tenho mais."
    AMÉM

    ResponderExcluir

Venha quando quiser, ligue, chame, escreva.
Tem espaço na casa e no coração, só não se perca de mim. (Caio F.)