quinta-feira, 18 de novembro de 2010

I want to hold your hand.

Olhe bem para o lado, você pode notar o quanto te queremos bem?
Não pense que você está sozinho, siga em frente e caso precise de uma mãozinha, tenha certeza de que estaremos aqui.
O seu posto te espera, os seus sonhos torcem para que você os alcance, você tem tudo para dar certo. Vem cá, meu bem, já passou pela sua cabeça a idéia de se superar? De comemorar a sua própria vitória? De sorrir com aquela sensação plena, própria dos que encontraram o arco-íris?
Queira, é só uma questão de força de vontade. Não pense que nada é impossível, se você quiser pode até mover montanhas, pode mesmo.
Eu não consigo esquecer o brilho nos olhos que você tinha a alguns anos atrás, o quanto você lutava por seus ideais, como isso pôde se perder? Tudo bem, os meios pouco importam, quero saber como termina tudo isso.
Se precisar, estamos todos aqui de mãos dadas e prontas para lhe dar um empurrãozinho. Estamos contando com o final feliz, não nos decepcione. não se decepcione.
Também não posso deixar de lhe agradecer por tantos anos de amizade, pelas incontáveis vezes que estive em seu lugar, por toda a força. Obrigada, amigos são pra isso. Te vejo lá na frente, confio em seu potencial, boa sorte!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Venha quando quiser, ligue, chame, escreva.
Tem espaço na casa e no coração, só não se perca de mim. (Caio F.)